ARTIGOS EM DESTAQUE

ARTIGOS EM DESTAQUE...

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

A PRONÚNCIA DO "R" EM PORTUGUÊS BRASILEIRO


Image (R Is For Rely) by Jeremy Brooks (CC BY 2.0)
Você nunca sabe quando o "R" tem o som de "H" (como em inglês) ou quando o "R" tem o som trinado (como em espanhol)? Espero que este artigo possa ser útil...


"Tenho amigos em Curitiba (Brasil) e eles sempre falam a palavra 'porta' usando o 'R' como os hispanofalantes... Então, um dia conversei com um rapaz do interior de São Paulo (Brasil) e ele falou a palavra 'porta' como se fosse um estadunidense. Fiquei muito confuso!" Depoimento de um estudante da Suécia.

"Nunca sei quando devo escrever uma palavra com 'RR' ou 'R'. Existe alguma regra que me ajude?" Dúvida de uma estudante de Porto Rico.

"Eu estava convencido de que para falar como os brasileiros eu deveria deixar de pronunciar o 'R' no final das palavras. Era simples... Mas quando eu começei a trabalhar no Brasil, percebi que ninguém no escritório tinha esse hábito." Comentário de um estudante dos Estados Unidos.

Você já passou por situações como estas e acredita que no Brasil existe um buraco sem fundo de onde não param de sair pessoas com diferentes pronúncias da letra "R"? Bem, talvez você esteja certo, mas vou tentar te convencer de que as coisas não são tão complicadas assim.

Antes de passar algumas dicas, gostaria de explicar três expressões que usamos no Brasil para identificar o som da letra "R":
- 'R' forte: é aquele som que parece com o "H" da palavra inglesa "house". Também, pode-se dizer que é como o "J" da palavra espanhola "jamón".
- 'R' fraco: é aquele som que parece com o "TT" da palavra inglesa "letter" (pronúncia dos EUA). Também, pode-se dizer que é como o "R" da palavra espanhola "pero" (NÃO confundir com "perro", tudo bem?).
- 'R' mudo: quando a letra não é pronunciada.

Primeiro, vamos escrever...
Esta é a parte mais fácil. Você só precisa lembrar que o "RR" só aparece entre duas vogais. Daí, você já consegue saber que o "RR" não pode ficar nem no começo nem no final de uma palavra, por exemplo.

Muito bem... E quando você finalmente encontrar o som do "R" entre duas vogais, como saber se deverá escrever com "R" ou com "RR"? Simples! Se o som do "R" for forte, você deverá escrever com duas letras "R" ("RR"), se for um som fraco, você deverá escrever com apenas uma letra "R".

Agora, vamos pronunciar...
Veja bem a tabela abaixo que mostra quais são as regras para expressar o som da letra "R" nas palavras. Depois vou tratar de cada uma delas com mais detalhes.

SOM DE "R" FORTE SOM DE "R" FRACO
- "R" no início da palavra (ex.: "rato")
- "RR" (ex.: "carro")
- "R" depois da letra "N" (ex.: "honra")
- "R" no final da palavra (ex.: "cantar")
- "R" entre vogais (ex.: "caro")
- "R" entre uma vogal e uma consoante (ex.: "carta")
- Combinações "BR", "CR", "DR", "FR", "GR", "PR", "TR" e "VR" (ex.: "Brasil")


"R" NO INÍCIO DA PALAVRA:

Se a letra R está no início da palavra, ela vai sempre ser "R forte", ou seja, será como:
- o "H" da palavra inglesa "house";
- o "J" da palavra espanhola "jamón";

Exemplos:
rato – rio – rosa – risada – roubar – roupa – rua – revelação


"R" ENTRE VOGAIS:

Quando está entre duas vogais, a letra "R" vai ser "R fraco", ou seja, a língua treme quando a gente fala a palavra:
- semelhante ao "TT" da plavra inglesa (USA) "butter";
- semelhante ao "R" da plavra espanhola "caro";

Exemplos:
guri - caro - cara - arara


"RR":

"RR" somente é escrito entre vogais. Você nunca vai encontrar, por exemplo, o "RR" no começo nem no final de uma palavra. Neste caso. "RR" indica que entre as vogais o som vai ser "R forte":
- igual ao "H" da palavra inglesa "house";
- igual ao "J" da palavra espanhola "jamón";

Exemplos:
arranhar – arroz - carro – ferro - correr – forro – horrível – morrer – terra


QUANDO "R" APARECE ENTRE UMA CONSOANTE E UMA VOGAL:

São possíveis combinações: "BR", "CR", "DR", "FR", "GR", "PR", "TR" e "VR". Quando pronunciadas, seu som parece de uma letra só. São bem semelhantes aos respectivos sons em inglês ou espanhol:
- "BR" como na palavra inglesa "bra"
- "CR" como na palavra inglesa "cry"
- "DR" como na palavra inglesa "dragon"
- "FR" como na palavra italiana "fratello"
- "GR" como na palavra espanhola "grande"
- "PR" como na palavra espanhola "problema"
- "TR" como na palavra espanhola "tres"

Exemplos:
brasa - pedra - elétrico - preto - França - grande


QUANDO "R" ESTÁ DEPOIS DA LETRA "N":

Nesta combinação, a letra "R" está entre uma consoante e uma vogal, mas se essa consoante for a letra "N", o som deve ser de "R forte":
- como o "H" da palavra inglesa "inherit";
- como o "J" da palavra espanhola "esponja";

Exemplos:
tenro - enriquecer - enredo - enroscar - sonrisal


E quando a letra "R" está no final da palavra (ou no final da sílaba)? Aí as coisas passam a ser um pouco diferentes... não há como dizer qual é a pronúncia correta, cada região tem a sua particularidade. Vamos ver:


"R" NO FINAL DA PALAVRA:

No caso em que você encontra a letra "R" final de uma palavra (geralmente verbos no infinitivo), vai depender muito da região em que você se encontra. Vou dar os exemplos mais comuns:

- No estado do Rio de Janeiro:
Semelhante ao "CH" na palavra escocesa "loch"

- No estado de São Paulo:
Semelhante ao "R" no fim da na palavra inglesa "card"

- Nos estados da região Nordeste do Brasil:
Nestas regiões, costuma-se omitir a letra "R" quando está no final ("R mudo")

- Nos estados da região Sul do Brasil:
Semelhante ao "R" no final da palavra espanhola "conocer"

Exemplos:
lavar - socar - moer - cantar


QUANDO "R" ESTÁ ENTRE UMA VOGAL E UMA CONSOANTE:

Quando esta entre uma vogal e uma consoante, a letra "R" se encontra no final da sílaba. Esta situação é semelhante à situação da letra "R" que está no fim da palavra, vai depender muito do sotaque da região. Mas neste caso, não se admite o "R mudo".

Exemplos:
parte - acervo - verde - arte

Espero que essas considerações tenham ajudado. Você já ouviu alguma outra forma de pronunciar a letra "R"? Compartilhe sua experiências nos comentários! :-)


14 comentários:

  1. Sou nordestino e pronuncio o "r" final das palavras. O som é o mesmo do "h" inglês ou "j" espanhol. O som do "R" depois da letra "L" tem o mesmo som quando está depois da letra "N", como em "bilro" e "guelra".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De que parte você é de lá? Eu nasci em João Pessoa (PB). Apesar de ter crescido em São Paulo, eu tive muito contato com os sotaques nordestinos principalmente da Paraíba e de Pernambuco :)

      Excluir
  2. Respostas
    1. Que bom que este artigo foi útil pra você Paula! Obrigada pelo seu comentário.

      Excluir
  3. Prof. Lí, excelente o artigo. Seria possível explanar aqui a "regra geral" para a pronúncia do "R" no português brasileiro. Ah, e do "H" também, já que ele pode ser aspirado e não aspirado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! A regra geral é mesmo os casos em que aplicamos o "R fraco" e o "R forte". Escrevi este artigo porque os que aprendem o português acabam percebendo que há muitas variantes de sotaque de acordo com as regiões.

      Excluir
    2. Sobre o "H", espero poder escrever algo sobre isso aqui no blog... futuramente.

      Excluir
  4. Caracol é uma palavra forte ??

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o artigo. Vale a pena salientar que existe a pronúncia do "R" forte dos paulistanos, quem deve ser da influência italiana, e tem o "R" dos paulistas, que parece muito com a pronúncia do "r" em inglês, como a o da palavra car, em inglês.

    ResponderExcluir