ARTIGOS EM DESTAQUE

ARTIGOS EM DESTAQUE...

terça-feira, 12 de julho de 2016

ESCREVER PARA PRATICAR PORTUGUÊS


Image (diary writing) by Fredrik Rubensson (CC BY 2.0)
Neste artigo, quero sugerir atividades de escrita. Você talvez diga: "Li! Meu foco é conversação! Por que devo perder tempo escrevendo?". Pelo contrário! Você vai ganhar muito tempo!


Escrever ajuda a maximizar o seu aprendizado e é uma habilidade importante em qualquer idioma. Como consequência, você acaba falando melhor. Por exemplo, você, que não tem a oportunidades frequentes de conversar com lusófonos na sua cidade, lembra-se daquele dia em que finalmente encontrou uma oportunidade e não sabia o que dizer? Então... se você costuma escrever, quando esse dia chegar, você estará preparado.

Escrever permite que você ponha em prática tudo o que você está aprendendo. Mas, como você consegue praticar de verdade? Quando você escreve sobre as coisas que você faz, sobre as coisas que você lê/assiste ou sobre as coisas de que você gosta. Ou seja, quando você tem a oportunidade de criar uma conexão entre o seu exercício e a vida real. Isso facilita muito a retenção do que você aprende.

Ah! Outro benefício: é muito mais fácil conseguir com que um falante nativo corrija um texto do que uma conversa :-)

E então, consegui convencê-lo? Hum? Caso eu tenha conseguido, neste artigo, eu quero sugerir uma forma de fazer tudo isso. Você pode usar 3 ferramentas muito úteis que são oferecidas gratuitamente no site do Italki: "Notebook", "Answers" e "Discussions". Segue um pequeno plano de atividades:


PASSO 1: COMBINAR A ESCRITA COM OUTRA PRÁTICA

A primeira coisa a pensar é que você não deve escrever apenas frases soltas. Você deve escrever sobre coisas com as quais você pode interagir: descrever atividades que você fez, falar sobre filmes que você assistiu, dar a sua opinião sobre um artigo que você leu, contar planos que você tem, etc.

Desta maneira fica muito mais fácil arraigar na sua mente as palavras e expressões que você aprendeu. Também, fica muito mais fácil entender como integrar essas palavras em frases para situações da vida real.

Atividade proposta
Se você não sabe por onde começar, seguem alguns exemplos de artigos em português que podem servir de base para você escrever os seus textos:
- As Dez Comidas Mais comidas do Mundo (BR)
- As origens reais de 8 superstições populares (BR)
- É possível ir de carro do Brasil até os EUA? (BR)
- 12 coisas que os casais felizes fazem todos os dias (PT)

Dica: A ideia é que você escolha algo de que você goste. Se você prefere vídeos, filmes, músicas ou simplesmente contar algo que aconteceu com você, escolha estas coisas como base para os seus textos. Tudo bem?


PASSO 2: ESCREVER O TEXTO E GANHAR A CORREÇÃO

Hora de pôr a mão na massa! Neste passo, entra a ferramenta "Notebook" ("Caderno de Notas" em português). Com ela, você pode escrever um texto para que os falantes nativos da comunidade possam corrigi-lo. Depois da correção, você poderá comparar as diversas correções e "meditar" nelas.

Atividade proposta
Você deve escolher um artigo de revista que você achou interessante. Com este mesmo artigo, você deve escrever um texto por dia (ou a cada dois dias). Você vai se surpreender com o número de textos que você pode escrever usando apenas um artigo. Por exemplo, você pode escrever...
1) um resumo do artigo.
2) a sua opinião sobre um ponto que você concorda.
3) a sua opinião sobre um ponto que você discorda.
4) sobre algo que você não sabia antes de ler o artigo e que o surpreendeu.
5) coisas do artigo que são semelhantes na sua cultura.
6) o seu próprio texto sobre algo que tenha ligação com o tema do artigo, mas que não foi abordado por ele.

Dica: Você deve escrever um texto grande o suficiente para que possa exigir um esforço de acordo com o seu nível, mas com cuidado para que o texto não seja tão grande a ponto de desestimular as pessoas que vão corrigi-lo.


PASSO 3: TIRAR SUAS DÚVIDAS

Muito bem! Você escreveu textos lindos e maravilhosos hein?! E os nativos corrigiram o seu texto e deram algumas sugestões. Agora é hora de meditar no que você pode melhorar. Houve algo que você não entendeu ou não concordou? Ou então, você recebeu duas correções diferentes sobre o mesmo ponto?

Você pode usar a ferramenta "Answers" ("Respostas" em português). Nela, você pode enviar uma dúvida e os falantes nativos da comunidade vão poder respondê-la pra você.

Atividade proposta
Durante os dias em que estiver praticando, não fique sem fazer perguntas. Você pode perguntar sobre...
1) o que significa uma palavra ou expressão que você leu em um artigo ou ouviu em um filme.
2) dúvidas que surgiram no momento que você estava escrevendo o seu texto.
3) em que situações costuma-se usar alguma expressão que você viu.
4) uma correção do seu texto do dia anterior que você não entendeu.

Dica: Não importa o seu nível, tente escrever as perguntas em português. Você pode usar um dicionário ou até um tradutor para ajudá-lo a expressar-se melhor.


PASSO 4: INTERAGIR AINDA MAIS

Legal! Quando chegar neste passo, você já terá praticado um pouco de leitura (ou compreensão auditiva), já terá praticado um pouco de escrita e já vai ter tirado muitas dúvidas.

Por que não aproveitar a ferramenta "Discussions" ("Discussões" em português)? Com ela você tem a chance de se envolver um pouco mais com a comunidade que ajudou a corrigir os seus textos e a responder as suas dúvidas.

O que você pode fazer
1) criar um tópico pedindo ajuda.
2) criar um tópico oferecendo ajuda.
3) criar um tópico para apresentar-se.
4) criar um tópico para iniciar uma conversar sobre as coisas das quais você gosta.


DISCIPLINA!!!

Com as sugestões acima, você terá pequenas atividades para cumprir durante uma semana ou duas. Você pode variar estas atividades usando filmes brasileiros ou portugueses. Também, você pode escrever um diário com as suas atividades do dia-adia ou planos de viagem. As opções são muitas!

Mas, uma coisa importante é que você deve analisar se esse tempo ajudou a melhorar um pouco o seu desenvolvimento. Você pode inclusive escrever como foram suas atividades nos comentários deste artigo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário