ARTIGOS EM DESTAQUE

ARTIGOS EM DESTAQUE...

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

QUANDO USAR "POR" E "PARA" EM PORTUGUÊS?



Image (Through) by Rising Damp (CC BY 2.0)
Afinal, quando eu devo usar "POR" e quando eu devo usar "PARA"? Se você aprende o português e também tem esta dúvida, acredito que este artigo pode te ajudar...



Tenho uma amiga que mora na Áustria, o nome dela é Anna e o seu idioma é o alemão. Mas a Anna tem uma dúvida que aflige muitos estudantes do idioma português: ela já sabe sobre algumas situações onde ela deve usar "POR" e "PARA", mas tem algumas dúvidas sobre o que ela chama de "regra geral" para o uso dessas duas palavras. Então conversamos um pouco sobre o assunto. Neste artigo, vou mostrar alguns pontos da nossa conversa.


O QUE SIGNIFICA?

Antes de tudo, temos que conhecer muito bem a definição de cada um deles. Com a tabela abaixo, podemos ver o que significa cada uma dessas preposições:

POR PARA
COMO POSSO TRADUZIR?
Inglês: "for", "by", "at", "through", "via"
Espanhol: "por"
Francês: "par", "pour"
Italiano: "per", "da"

PRINCIPAIS IDEIAS:
1) causa, razão
2) Lugar por onde algo ou alguém passa
COMO POSSO TRADUZIR?
Inglês: "for", "to", "in(to)", "in order to"
Espanhol: "para", "hacia"
Francês: "pour", "à", "en", "vers"
Italiano: "per", "a", "in", "da", "verso"

PRINCIPAIS IDEIAS:
1) direção
2) propósito

A tabela nos mostra também porque tantas pessoas, assim como a Anna, têm dúvidas sobre como usar "POR" e "PARA" :-)

Se você buscar estas palavras no dicionário, você vai encontrar expressões como "É uma preposição que indica...", "Designativa de relação de...", "Preposição que exprime..." ou coisas semelhantes. Então vamos ver algumas dessas ideias:


QUANDO DEVO USAR "POR"?

Indicando o lugar por onde anda:
"Marcos andou por aquelas ruas."
Seu exemplo:  

Indicando o meio:
"Ela segurou a criança pelo braço."
Seu exemplo:  

Indicando o modo como se realiza algo:
"Julgaram a moça por puro preconceito."
Seu exemplo:  

Noção de frequência:
"Ele toma banho duas vezes por dia."
Seu exemplo:  

Noção de divisão:
"Ela dividiu o pão por dois."
Seu exemplo:  

Noção de troca:
"Ele trocou uma nota de R$100 por duas notas de R$50."
Seu exemplo:  

Indicando causa:
"Ela chorou por ciúme."
Seu exemplo:  

Noção de tempo:
"Ele ficou parado aqui por horas."
Seu exemplo:  

Agente da passiva:
"O rato foi morto pelo gato."
Seu exemplo:  


QUANDO DEVO USAR "PARA"?

Indicando destinatário:
"Esses documentos são para você."
Seu exemplo:  

Indicando finalidade:
"É um bom carro para usar na cidade."
Seu exemplo:  

Indicando destino determinado:
"Este trem vai para Salvador."
Seu exemplo:  

Indicando limite de tempo:
"Tenho consulta médica marcada para amanhã."
Seu exemplo:  

Indicando opinião pessoal:
"Para mim, as coisas não devem ser feitas dessa maneira."
Seu exemplo:  


VAMOS LEMBRAR DE MAIS ALGUMAS REGRAS

Não podemos esquecer que as preposições são palavras invariáveis. Então "POR" e "PARA" não sofrem flexão de gênero, número, grau, etc. Mas, em algumas situações, as preposições se combinam a outras palavras da língua portuguesa e formam as contrações.

"POR" pode ter as seguintes combinações, devendo ter as seguintes contrações:

POR + O = PELO:
Ex.: "O ladrão foi levado pelo policial."

POR + A = PELA:
Ex.: "Andei pela calçada."

POR + OS = PELOS:
Ex.: "Você será responsável pelos danos que causar."

POR + AS = PELAS:
Ex.: "Em caso de emergência, saia pelas laterais."

NOTA: Estas contrações são obrigatórias. Não importa se você está escrevendo ou se sua conversa é formal ou informal, você sempre vai usar essas contrações quando necessárias.

Existe um caso ainda mais especial. "PARA" tem uma forma informal, que neste caso é "PRA". "PARA" não apresenta contração, mas "PRA" deve ter contração quando se combina. Veja:

PRA + O = PRO:
Ex.: "Você vai pro Rio de Janeiro?"

PRA + A = PRA:
Ex.: "Meu pai foi pra Alemanha."

PRA + OS = PROS:
Ex.: "Trouxe café pros diretores."

PRA + AS = PRAS:
Ex.: "Essa flor é pras meninas."

NOTA: Lembre-se que "PRA" faz parte da linguagem informal, evite escrever "PRA". Quando você utilizar "PARA", na escrita ou numa conversa, você não deve usar contração. Você vai escrever ou falar "PARA O..." , "PARA A...", etc.






CLIQUE AQUI PARA SABER COMO CORRIGIR OS SEUS TEXTOS.


Nenhum comentário:

Postar um comentário